Nivana Surf Trips Fale Conosco - Contato
   
Segunda-Feira, 11 de Dezembro 
Comentários
» Descrição do local
» Galeria de fotos
» Hotéis
Ver todos os pacotes do(a) Barbados
   
BARBADOS
envie seu comentário
viagem
Oi, Andréa.



A viagem correu bem. Os voos foram todos no horário e, fora uma arremetida na chegada em Porto Alegre, transcorreram sem maiores sustos, mesmo nos turboélices das companhias caribenhas.



O hotel era bom. A escolha pelo ocean view valeu a pena. Além da vista direta para o mar do Caribe, o quarto fica voltado para a parte interna do hotel, que acredito ser bem mais silenciosa do que o island view (a zona tem algum movimento, mesmo a noite).



O aluguel do carro é absolutamente necessário para poder se deslocar na ilha e chegar nos picos de surf. Sair a pé, a noite, em Barbados, não me pareceu muito seguro, embora alguns restaurantes fossem bem próximos do hotel. A zona de Bathsheba, no nordeste da ilha, onde rolam as ondas, fica a uns 40 minutos de carro. As estradas são boas, asfaltadas até a praia, mas sem nenhum tipo de acostamento. Depois de algumas barberagens dirigindo pela mão inglesa, a pessoa se acostuma e fica bem fácil se deslocar. O aluguel pode ser providenciado pelo próprio hotel, com preços muito parecidos com os ofertados na internet (USD 330,00 por seis dias, em um Suzuki Swift, bem completo – automático, ar, direção, ABS, airbag).



Embora os surfs maps de Barbados indiquem um monte de picos, por todos os lados da ilha, onde as ondas rolaram mesmo foram em Soup Bowl e em Parlour, em Bathsheba (esses picos ficam um ao lado do outro). O resto ou tava totalmente flat (picos no oeste e sul da ilha) ou eram uns beach breaks muito irregulares e quebrando bem no raso. Assim, do mesmo modo que Bali oferece basicamente esquerdas, Barbados traz, com consistência, praticamente só direitas.



Se a comparação seguir para o “custo de vida”, as medidas também são opostas. Há um monte de bons restaurantes disponíveis por toda a ilha, com ótima comida e locais impressionantes, geralmente muito próximos, senão na beira, das praias. Mas as contas não saem por menos de USD 100,00 o casal, chegando até a USD 300,00 em restaurantes no lado oeste da ilha, mais “chic”.



Agradeço todo o trabalho realizado pela agência e posso dizer que estou muito satisfeito com o resultado. Mostrou-me que competência está muito acima de tabus como proximidade física e contato pessoal, na hora de escolher a agência de viagens.



Espero que as informações ajudem na hora de orientar outros interessados.



Até umas próximas férias.



Abraço,
09/11/2009 | Edmundo |
Comunidades

 Cadastre emails para receber nossos  pacotes e promoções?

 
 
Site Map
Facebook Vimeo Twitter YouTube Instagram Whatsapp: 11 9 8108-7200